MENU
As cores por um físico quântico

O QUE SEU DNA DIZ SOBRE VOCÊ?

Geneticamente nós podemos herdar cor da pele, dos olhos e dos cabelos, inteligência, habilidade artística e etc., mas nós também herdamos da nossa família a vibração e as crenças mais profundas nas verdades da vida e as tendências espirituais. É claro que isso tudo não define totalmente a nossa vida porque temos o livre arbítrio e podemos ter um dom e não utilizá-lo, mas uma predisposição negativa pode comprometer muito a libertação da mente que consequentemente liberta o karma.


 

Sim! A nossa mente pode nos libertar do karma, que está usualmente relacionado às nossas ações e suas consequências. Tudo na nossa vida tem uma ligação!

Todo ser humano quando enfrenta a dor deseja dela se libertar. Isso é tão natural quanto afastar a mão de uma brasa acesa. Porém na prática não temos essa liberdade de ação. Sabemos do sofrimento, mas comprometidos por nossa forma de pensar e enfrentar a vida ficamos aprisionados a ele. Só efetivamente conseguimos nos curar quando deixamos de sofrer, quando aquilo que nos causa sofrimento deixa de vibrar em nosso corpo sutil. Enfim quando entendemos em todos os níveis do nosso ser o que nos faz sofrer e escolhemos não nos deixar levar pelo sofrimento…

Vejo muitas pessoas reclamando de pai e mãe, da família das condições sociais e financeiras que tiveram que enfrentar com o nascimento deixando de ponderar que ali estão por conta de suas tendências de alma se sentindo vítimas de um destino infeliz. Não podemos esquecer que na ascensão espiritual, ou no aperfeiçoamento de nossa alma precisamos crescer sob nossas dificuldades e de forma semelhante a uma semente que debaixo da terra encontra forças para se libertar da casca, precisamos dentro de nós encontrar o broto verde da libertação.

O plano material e biológico tem ligação com plano vibracional, que tem ligação com a mente, com o comportamento e com as emoções que temos. Basicamente, as dimensões do nosso Ser uma vez analisadas na integralidade, guardam registros e informações que fazem parte do nosso contexto pessoal de experiência.

Não há acaso na doença, na pobreza ou no abandono. Nascemos onde nossa energia nos levou. Como um carro que precisa ser consertado paramos num mecânico onde nos defrontamos com outros em iguais condições, e na infelicidade esquecemos que todo o esforço será recompensado e logo mais voltaremos trilhar nosso caminho com tranquilidade.

Bem se nascemos numa família que tem a tendência ao sofrimento o que nos cabe fazer? Continuar iguais aos nossos pais? Ou ainda nos rebelar como adolescentes gritando aos quatro ventos que jamais seremos como eles?

Crianças mimadas agem assim fazendo birra não querendo aceitar as limitações que os pais impõem. Muitas vezes parecemos com elas. Não aceitamos o destino, a ação das pessoas em nossas vidas e ficamos choramingando por conta de tudo que nos acontece, com isso perdemos a conexão divina, não conseguimos acessar o perdão libertador e culpamos o mundo a nossa volta pelo nosso insucesso.

Os Mestres Ascencionados ensinam que para receber um novo quantum energético é preciso estender as mãos e abrir a mente para ações mais positivas. Na certeza de que mesmo em uma família perturba e complicada, você pode fazer diferente, quando você abre o coração e transforma os seus próprios comportamentos.

Eles ainda ensinam que a nossa predisposição espiritual pode ser acelerada para forças positivas por meio da libertação do processo mental mais amoroso e lúcido. As palavras deles são fluidez, leveza, liberdade.

E acredite: mudanças no DNA são possíveis por meio da mudança da vibração, e isso acontece quando abrimos a mente e o coração!

Ouse! Seja feliz…

Abraços, Maria Silvia P. Orlovas

 

Espalhe consciência compartilhando com todos que estiverem na Vibe!

Vem com a gente no:  Facebook + Instagram + Pinterest + Twitter

Foto  Shutter Stock

Centro Holistico Ponto de Luz Natural Vibe

 

Email this to someoneShare on Google+Pin on PinterestTweet about this on TwitterShare on Facebook

Escrito por::

Publicado em: 12 de setembro de 2017

Categorias: Destaques

Exibições: 6539

, , ,

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *