MENU
de repente 30 natural vibe 1

De repente 30

Não só para você ou para mim, mas o fator 30 pesa para a maioria das mulheres e até para muitos homens!

É só alguém perguntar quantos anos tem e a pessoa começa a se engasgar, fala sussurrando, faz piadinha! Ninguém diz “30”,  assim, como quem diz “20”. 

Mas porque será que este número é mais temido do que uma sexta-feira 13?

…………………………………………………………………………………………………………………………………………………………………..

As pressões sociais geralmente não têm fundamento e são muito cruéis, nivelando por baixo uma gama imensurável de fatores… Dizem que a mulher tem que casar, ter filhos, ter uma carreira bem sucedida, ao menos uma vivência no exterior, falar dúzias de línguas e o pior de tudo….que aos 30 fica velha! E, por isso, tem que conseguir tudo isso nesse curto espaço de tempo, pois se chegar aos 3o sem as experiências mencionadas acima, a mulher fracassou.

É uma pressão muito forte e um grande desespero, até que um dia as 30 badaladas por fim batem e você, Cinderela, vê que não virou uma abóbora!!

Realmente os 30 trazem uma grande mudança… É normal começar a sentir que algo está mudando de mansinho aos 28, aos 29 vai se intensificando, e aos 30…. BUM! A maturidade faz um buraco e entra! Maturidade não no sentido de se considerar sabida de mais ou dona da verdade, pois o bom é estar verde para sempre aprender, mas no sentido de ganhar serenidade, autocontrole, mensurar o tamanho real de cada coisa e qual o valor daquilo.

É como se todas essas pressões que vêm de fora desmanchassem e a gente ficasse mais viva, mais dona de si para assumir o que de fato gosta ou não gosta, o que de fato quer ou não quer, o que é seu e o que é dos outros, no campo dos desejos e das realizações. As coisas se dimensionam com mais naturalidade, pois o que era um grande sofrimento e causava medo e ansiedade, hoje é uma bobagem.

Você pode pensar que somos mais bonitas com 20 do que com 30! É fato que o corpo de 20 não é tão bem esculpido como o de 30 e os cabelos brancos nem pensavam em brotar aos 20. Aos 30, porém, já começam a querer a aparecer ou já apareceram… Mas, junto com eles, também brotam ideias maravilhosas que antes nem pensavam em existir…

E como para tudo na vida existe um tempo, uma fase, uma época, os 20 são maravilhosos, intensos e inconsequentes… Mas é preciso respeitar e celebrar que terminem, pois se tentarmos prolongar uma fase que já não cabe mais, impedimos o que está por vir. E se a vida é um contínuo crescimento, então não é bem melhor seguir em frente, levando com a gente tudo de bom que aprendemos e deixando pelo caminho o que não nos serve mais?

É muito bom “trintage” e em vários aspectos melhor do que ser “vintage”!

Essa sim é a verdadeira maior idade! As mulheres não deveriam se envergonhar e ficar se engasgando para dizer que tem 30. Elas deveriam, com o maior orgulho, dizer em alto e bom tom: “Tenho 30!”, como quem diz,” já sou bem resolvida com minha vida, com meu corpo e sei do que eu gosto!”

E mais, os 30 deveriam ser celebrados assim como são os 15, com uma festa especial onde finalmente a mulher tem um encontro com si mesma, e dá adeus às inseguranças de menina para tomar posse de si mesma como mulher.

Viver todas as idades com presença é estar alinhado com a Natural Vibe. :)

Espalhe consciência compartilhando com todos que estiverem na Vibe!

Vem com a gente!  Facebook Instagram + Pinterest + Twitter

 

Foto :  André Lui Bernardo

Email this to someoneShare on Google+Pin on PinterestTweet about this on TwitterShare on Facebook

Escrito por::

Publicado em: 19 de setembro de 2017

Categorias: Destaques, Lifestyle NV

Exibições: 4346

, , , , , ,

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *