MENU
Crianças Índigo Violeta e Cristal

Como saber se um recém nascido é uma criança índigo ou cristal?

A resposta para esta pergunta pode variar de acordo com a sutileza de percepção de quem a faz. Existem pessoas com parapsiquismo e lucidez suficientes para “ver” a aura, observar suas cores e assim identificar a vibração. Este caso é uma realidade para uma pequena minoria que já resgatou seus dons multidimensionais e pode “ver” a aura assim como vemos o mundo material. Quando este é o caso, a resposta é imediata, justamente pela observação direta da cor da aura, que reflete a missão/vibração do SER recém encarnado. Pessoas que enxergam as auras foram as primeiras a perceber a chegada dos índigos nos anos 70 e logo em seguida dos violetas, cristais, diamante etc.

Para a maioria das pessoas sem prática em ver auras, existem alguns traços que podem ajudar a facilitar a percepção da energia do propósito do recém nascido. Esta energia de propósito é o que define qual a missão do SER em sua presente encarnação, e a vibração que irá reger a “forma” de suas ações, será de acordo com sua origem, conotando suas habilidades e dons naturais.

Observando as crianças cristal recém nascidas, veremos que são normalmente calmas e silenciosas, dormem profundamente, sem muitos sonhos ou pesadelos, tem olhar penetrante e pacificador, e em geral transmitem uma energia de alto nível de sutileza. São crianças serenas, que unem as pessoas e as fazem despertar as vibrações mais elevadas, aflorando as virtudes das pessoas com quem tem contato.


As crianças índigo são agitadas, inteligentes, intuitivas, muito ativas e comunicativas. Diferentemente dos cristais que são calmos, os índigos demonstram uma vontade intensa de interagir com o universo, querem se comunicar o mais rápido possível, tentam falar, gritam e usam “mantras”. Com poucos meses já utilizam várias técnicas de manipulação de energia (provavelmente devido ao seu conhecimento de vidas passadas) controlando os pais e as situações para fazerem suas vontades. Através de minha experiência pessoal, pessoas que conheci e relatos que pesquisei, pude perceber que a maioria dos índigos tem lembranças de vidas passadas (ou trechos), e muitas vezes no caso de recém nascidos isto pode ser evidenciado com sonhos ou pesadelos, com doenças de nascimento ou dificuldades no parto.

QUER OUVIR UM PODCAST INTENSO SOBRE O TEMA?

CLIQUE NA IMAGEM E OUÇA GRATUITAMENTE!

banner-encontrao-mautama


Muitos pesquisadores sugerem que os cristais vem diretamente de outros planetas/sistemas solares e que tem nenhuma ou poucas encarnações na terra. Por isso são mais passivos e observadores, tem mais desafios para manipular o corpo e a matéria, os processos energéticos mais densos. No caso de uma falta de adaptação a esta densidade, pode ocorrer uma “desconexão” conhecida como autismo. As crianças autistas muitas vezes são seres de dimensões elevadas, com um incrível poder mental, mas que tem dificuldades em interagir com as energias mais densas da terceira dimensão.
Os cristais normalmente demoram mais em falar, utilizando principalmente a telepatia, gerando uma empatia com os pais e demais familiares que atendem seus pedidos naturalmente.

Os índigos se fazem escutar… gritam, esperneiam, desde recém nascidos impõe sua energia com olhares firmes e cenho franzido…
Estas características podem ser percebidas logo nos primeiros meses, e vão se acentuando conforme a criança cresce. Ao redor dos seis meses a criança demonstra em sua “personalidade”, vários traços energéticos que podem a identificar como “índigo ou cristal”. Lembrando que estes “rótulos” são apenas formas de identificarmos vibrações que definem missões e propósitos existenciais, e que podem servir como referência para lidarmos com estas energias.
Com os índigos aprendemos muito sobre o poder pessoal, a força de vontade, a coragem, a liderança, a atitude e outros aspectos que nos levam a libertação dos velhos padrões e a criação de soluções inovadoras para nossos processos. Com os cristais aprendemos a contemplar, a receber a graça divina, o AMOR, a paz e a plenitude espiritual, sensações peculiares do alvorecer desta Era Dourada de AMOR e Sabedoria.

Gratidão aos seres recém nascidos que chegam para tornar nossas vidas cada vez mais cheias de AMOR e Sabedoria.

Mautama Krishnarabi


Espalhe consciência compartilhando com todos que estiverem na Vibe!

QUER OUVIR UM PODCAST INTENSO SOBRE O TEMA?

CLIQUE NA IMAGEM E OUÇA GRATUITAMENTE!

banner-encontrao-mautama

Vem com a gente no:  Facebook + Instagram + Pinterest + Twitter

Foto  Pinterest

Email this to someoneShare on Google+Pin on PinterestTweet about this on TwitterShare on Facebook

Escrito por::

Publicado em: 14 de agosto de 2017

Categorias: Destaques, Todos

Exibições: 6713

, , , , ,

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *